6.188

O Fantasma

Um cão ladra e esgravata uma porta fechada. Uns olhos e uma boca por trás de uma máscara de borracha negra. Sérgio construiu um mundo à sua medida. Perseguido por um desejo insaciável, só joga a ganhar. Indiferente a tudo, passa os dias entre o quarto alugado numa pensão barata, sexo anónimo com outros homens e o trabalho na recolha do lixo na zona norte de Lisboa.
Compartilhado:
 
 
 
 

Comente

Nunca compartilharemos seu e-mail com ninguém.