8.453

Cinema Paraíso

O cineasta Salvatore Di Vitta recebe um telefonema da mãe que lhe comunica a morte do seu velho amigo Alfredo. Salvatore – ou Toto – é invadido por recordações, revisitando a sua infância, na sua Sicília natal, quando vivia fascinado pela cabina mágica de Alfredo, o mal-humorado projeccionista do cinema da vila: o Cinema Paraíso.
Compartilhado:
 
 
 
 

Comente

Nunca compartilharemos seu e-mail com ninguém.